Publicidade

Fórum da Baixada intensifica agenda e fortalece demandas da região

| 0 comentários

As duas últimas semanas aconteceram eventos de extrema importância para a nossa região e fortaleceu ainda mais as causas defendidas pelo Fórum em Defesa da Baixada Maranhense. Durante a agenda de visitas e reuniões, projetos como os Diques da Baixada foram apresentados e discutido com técnicos e prefeitos.

A primeira agenda positiva foi uma reunião nas dependências da 8ª Superintendência da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), com os técnicos vindos de Brasília e com o Fórum em Defesa da Baixada Maranhense para apresentação do anteprojeto dos Diques da Baixada e oficio do FDBM para participar da expedição aos municípios de Bacurituba e Cajapió.

Na segunda agenda positiva, teve a participação do FDBM na expedição e reuniões nestes dois municípios. Em Bacurituba, a reunião aconteceu na sede da prefeitura com a presença de vereadores, secretários municipais, técnicos da Codevasf e Fórum, este representado pelos forenses Expedito Moraes e Antonio Valente. Em Bacurituba, o prefeito Sisto não estava presente porque estava em São Luís, mas fez a convocação de seus auxiliares e Câmara de Vereadores. Em Cajapió a reunião aconteceu com a presença do prefeito Dr. Marcone.

“Foram dois dias de expedição. Na saída de Cajapió, como os técnicos da Codevasf teriam que passar em Arari e Anajatuba, fizemos um convite para olharem uma produção de arroz irrigado em Cajari, de um grupo gaúcho. Na reunião na Codevasf tivemos uma excelente surpresa: a proposta deles em relação aos Diques, não se prende exclusivamente à construção da estrutura e benefícios específicos como: contenção da entrada da água salgada nos campos e nem tão pouco na retenção da água doce proveniente de chuvas, mas sim, de um um plano de desenvolvimento através de outras intervenções agregantes”, disse Expedito.

“Ressaltamos que em todas as reuniões constatamos que a presença do FDBM era bem recebida e já reconhecida como instituição de lutas em favor da região. Isso foi tão evidente que o Valente, experiente e profundo conhecedor da região, observando a necessidade que surgia diante da descrença no poder público e da natural resistência das comunidades nestes tipos de intervenção propôs aos participantes que fossem criados Comitês Municipais com a participação do FDBM para viabilizarem as demandas e interações com as comunidades. Proposta que foi unanimemente aceita. Viva a Baixada”, finalizou.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.