Em nota, prefeito Ronildo fala em crise e cortes de diversos funcionários da prefeitura em Penalva

| 1 Comentário

Prefeito Ronildo e seu vice

O prefeito de Penalva publicou uma nota em sua página de relacionamento pessoal falando sobre a crise financeira e os cortes que tem feito atá agora. Segundo Ronildo Campos, a prefeitura teve que suspender contratos de vigias e auxiliares administrativos lotados na educação estamos reduzindo as gratificações dos cargos comissionados, desonerando as demais folhas como a de saúde e administração.

“O arrocho das transferências constitucionais por parte do governo federal têm colocado as prefeituras em uma situação de instabilidade financeira, forçando as mesmas a tomarem medidas que comprometem o bom funcionamento da Gestão Pública. Tais medidas, afetam diretamente a economia dos municípios. Os cortes de pessoal tem sido uma das medidas dos prefeitos que querem evitar o atraso de salários. A maior despesas que Penalva possui hoje é com pagamento de pessoal”, disse o prefeito.

Ainda segundo o gestor, o momento exige cortes e fala em desgaste político. “Apesar de termos reduzido drasticamente as contratações em relação a gestão anterior, mas, o momento exige cortes em gastos com pessoal. Além das suspensões dos contratos de vigias e auxiliares administrativos lotados na educação estamos reduzindo as gratificações dos cargos comissionados, desonerando a Folha da administração e da saúde. Tais medidas se fazem necessárias para que a gestão não saia do trilho. Apesar do desgaste político, tenho plena consciência que na condição de prefeito, tenho que governar com equilíbrio”, disse.

Ronildo termina a nota dizendo que tem como meta não deixar salários atrasar. ‘Ajustar o que tiver pra ajustar. O foco agora é a gestão. Fui eleito para gerir os recursos de forma equilibrada. E é isto que estou fazendo. Hoje as prefeituras trabalham para gerir os poucos recursos(diante da grande necessidade de serviços públicos nos municípios) em prol do funcionamento básico/mínimo do município. A crise financeira não atingiu os municípios em anos anteriores, ela atinge nesses últimos 4 meses. Desse modo, garantir os salários em dias é nossa meta, assim como ofertar os serviços básicos essenciais à população. Estou buscando emendas parlamentares para que Penalva seja contemplada com mais benefícios públicos. Pois os recurso recursos próprios se tornam irrisórios diante de tanta necessidade. Mas, esse pouco precisa ser bem administrado em favor da população. E é isso que estamos fazendo”, finaliza.

Folha de SJB

One Comment

  1. Pingback: Em nota, prefeito Ronildo fala em crise e cortes de diversos funcionários da prefeitura em Penalva - Rádio e TV Maracu AM 630

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.