Publicidade

Em Matinha, mais de 200 alunos da Rede Municipal de Ensino são formados pelo Proerd

| 1 Comentário

O projeto contra as drogas, realizado nas escolas da rede municipal de ensino Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), formou mais de 200 alunos no município esta semana. A formatura foi realizada na sede da Igreja Assembleia de Deus, e em Matinha é realizado pela Polícia Militar em parceria com a Prefeitura Municipal de Matinha, coordenado pela Secretaria de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação.

A mesa de abertura contou com a presença da prefeita Linieida de Eldo; das secretárias Zilda Cantanhede (Educação), Raimunda Barros (Assistência Social), Joana Amorim (Saúde), Vivânia Gonçalves (Juventude); além do vereador Lilico; de professores da escola ‘Joaquim Inácio Serra’ e dos militares Carlos Cesar e Eduardo Evangelista, que representaram a Polícia Militar no ato.

De acordo com a corporação, o objetivo do programa é prevenir a violência e o uso e abuso de drogas, através da orientação e conscientização dos efeitos provocados pela dependência de substâncias químicas, sejam elas lícitas ou ilícitas. 

O intuito é encorajar as crianças, em idade escolar, a ampliar suas alternativas positivas para evitarem o uso de drogas e a prática da violência, o programa oferece também estratégias para desenvolvimento da competência social, noções de cidadania, habilidades de comunicação, autoestima, tomada de decisões, resolução de conflitos e objetivo de vida e atingiu 214 alunos da Rede Municipal de Ensino de Matinha.

A prefeita Linielda de Eldo enalteceu as ações do Proerd, coordenado pelo Cabo Cesar e pela Secretaria de Educação, e destacou os esforços de sua gestão sobretudo a partir do cuidado com as crianças e adolescentes atendidos pela Prefeitura em diversos programas sociais. “Desde que assumimos, fizemos um compromisso com o Proerd, que os ensina a ficar longe de drogas, sejam lícitas ou ilícitas, porque precisamos de nossa juventude consciente para se tornarem adultos humanos e responsáveis”, enfatizou.

De acordo com o cabo Cesar, o resultado esperado do PROERD é beneficiar o maior número de crianças da rede de ensino para que tenham conhecimentos e habilidades para resistirem ao uso de drogas e ao envolvimento com a violência. “Acreditamos que se conseguirmos ensinar aos jovens a tomarem decisões seguras e responsáveis, eles serão capazes de efetuarem escolhas saudáveis não somente sobre drogas, mas em todos os aspectos de suas vidas”, disse.

Folha de SJB

One Comment

  1. ESSE É O GOVERNO DIFERENTE DE BETO. LINIELDA ESTÁ DE PARABÉNS POR LEVAR O PROERD PRA MATINHA

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.