Dia das Mães: Uma homenagem do professor Aguiar

Aprouve a Deus, entre todas as criaturas, escolher a mais singela delas para compreender em si o maior dos mistérios: gerar a vida e dar a luz… Deus escolheu você, MÃE, para germinar a continuidade da obra divina. Não resta dúvida, sem você viveríamos na frialdade inorgânica e cuja existência perderia o total sentido se ser.

Isto porque sua existência aquece e ilumina nossos dias, nossos caminhos, nosso coração e tudo que somos! Mãe, você é o único ser capaz de, em todas as circunstâncias da vida, nos trazer refrigério, acalanto e tudo mais que seja nossa carência. Mãe, ante sua grandeza, jamais um filho ou quem quer que seja deveria se dar ao desmazelo de não lhe render a devida consideração, atenção, o carinho e amor merecidos…

Mãe, és uma figura de luz em nossa caminhada, aquece, ilumina e nos dar o verdadeiro sentido de ser. Mãe, só tu sabes as verdadeiras necessidades de um filho e as supre incondicionalmente como ninguém. Por isso, MÃE, jamais cessaremos de louvar a Deus por sua existência, por sua presença em nosso existir, por seres o que és para nós: ternura em forma de criatura, és MÃE, és tudo para nós… !!!

Na ternura deste dia, parabenizo a todas mães filhas e amigas de São João Batista e homenageio, em memória, a minha eterna mãe, Miguelina!!

Aguiar e família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *