DEU NO JORNAL O IMPARCIAL: CARNAVAL EM SÃO JOÃO BATISTA

| 0 comentários

O ritmo contagiante de músicas que foram desde o axé baiano, passando pelo samba e pelas antigas marchinhas, até o forró tomou conta de São João Batista no Carnaval 2013. Uma multidão participou dos quatro dias de folia em um dos mais agitados carnavais da região da Baixada Maranhense. Na tarde do último dia de carnaval, terça-feira (12), um grande arrastão saiu da Praça do Viva numa programação pra lá de especial e comandada pelo prefeito Amarildo Pinheiro e a Comissão Organizadora do Carnaval de São João Batista.

Desde o sábado gordo, as Bandas “Caviar com Rapadura”, “Caiambá”, “Samba Ceuma”, “Free Lance”, “Forró Cangaço”, “Kizoeira”, “Swing de Gueto” e “Os Tequilas”, animaram os foliões que lotaram a Praça de Eventos. Nem as constantes e intensas chuvas que caíram na cidade, esfriou o ânimo do público. Além de outras bandas, o caminhão “Estresse Zero” se apresentou também no Carnaval.


O prefeito Amarildo Pinheiro, ressaltou a dimensão alcançada pelo Carnaval do município, apesar do pouco tempo para a organização do evento.


“Mesmo com um tempo mínimo, não medimos esforços e conseguimos preparar uma bonita festa que teve a participação massiva da população e colocou nosso Carnaval entre os melhores da Baixada”, comentou o prefeito.


Blocos e Tambor de Crioula


Além das bandas, vários blocos animaram os quatros dias de Carnaval, com destaque para o último dia de folia, quando um verdadeiro arrastão passou na Avenida Getúlio Vargas, onde passaram desde as Casinhas da Roça até os Blocos Tradicionais vindos de São Luis, ditaram o ritmo da festa.


O desfile mais esperado da terça de Carnaval começou por voltas das 16h. Da Praça do Viva, saiu o “Arrastão Bão”, organizado por Léo Pinheiro; dois blocos de São Luis, “Os Guerreiros” e “Os Vampiros”; apresentação da Escola de Samba Salgueiro, além de vários blocos de rua.


Um dos destaques do Carnaval de São Batista foi o resgate de algumas brincadeiras que estavam esquecidas durante a Festa Momesca, como Casinha da Roça e Tambor de Crioula. As manifestações culturais também entraram na programação da folia que tomou conta das ruas da cidade. A Casinha da Roça, organizado por Zé Pedro e o Tambor de Crioula de Dona Teodora, animaram os foliões em cima de um caminhão.

Segurança.


Outro ponto positivo no Carnaval em São João Batista foi a segurança. A organização do evento contratou diversos homens para fazer a segurança dos foliões, além da presença constante das Polícias Civil e Militar. 


A volta da Turma da Mangueira


A Turma da Mangueira, tradicional Escola de Samba de São João Batista, com mais de 30 anos de fundação, voltou a desfilar pelas ruas da cidade após passar cerca de 20 anos sem se apresentar na Festa de Momo. 

A escola, que tem como objetivo resgatar os antigos carnavais da cidade, arrastou uma multidão em sua apresentação na segunda-feira (11). Centenas de pessoas seguiram a agremiação pela Avenida Getúlio Vargas. Fonte: O Imparcial.


EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.