Contra as reformas de Temer, professores de São João Batista organizam manifestação

| 5 Comentários

Os professores da cidade de São João Batista estão em protesto desde o dia 20 na cidade, e ontem paralisaram as atividades. O movimento está sendo organizado pelo Sindicato dos Professores Públicos Municipais da cidade e visa marcar posição contra as reformas que o Governo Federal quer aprovar no congresso.

Em comunicado ao povo joanino, o sindicato disse que “em virtude do processo de manifestações realizadas em todo território nacional, comandado pela CUT, CNTE e sindicatos filiados, com adesão de estudantes, professores, movimentados sociais e vários seguimentos da sociedade civil organizada, estão acontecendo concentrações do dia 20 a 24.05.2017”.

As ações são em repúdio ao processo de corrupção instalado no país e a favor das Diretas Já.  Diante do exposto. Todos os professores das redes municipal e estadual de ensino, pais, alunos e a comunidade de forma geral, foram convidados a aderirem a paralisação nacional e pararam ontem, em repúdio a tudo isso que está acontecendo em nosso país como um todo.

Discursos, frases de efeitos e manifestação marcaram os protestos contra as reformas. Os manifestantes se organizaram na sede do SindProf, no centro de São João Batista e reuniu dezenas de pessoas.

Folha de SJB

5 Comments

  1. MUITO BEM, OS PROTESTOS TEM QUE COMEÇAR DA BASE

  2. Que base? Essa aí de pessoas irresponsável que só recebe dinheiro

  3. Rapaz quem roubou o fundeb é o primeiro da fila do sindicato.

  4. Folha de SJB removeu este comentário

  5. Enchero o sindicato e os que taco lá só no celular só gente interessada

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.