Publicidade

Confusão em torno de construção de poço artesiano em São Vicente Ferrer

| 1 Comentário

O Blog do Jailson Mendes recebeu uma nota do presidente da Comunidade Quilombola do povoado Santa Rosa, em São Vicente Ferrer. Ele acusa a prefeita da cidade, Conceição Castro, de está interferindo na construção do poço e na mudança do local da obra. Procurado pelo blog, o secretário de Finanças, Fabinho Ferreira, negou a versão.

Prefeita Conceição e o presidente da Associação

O presidente da comunidade, José Martins Pacheco, assinou a nota mostrando documentos e dizendo que “precisamos compartilhar e ao mesmo tempo denunciar e pedir ajuda de quem puder nos ajudar sobre um fato no mínimo estranho que está acontecendo na comunidade, é o seguinte: a comunidade vem lutando desde o ano de 2010 para conseguir um poço artesiano”.

E continuou “na época, doamos o terreno para CAEMA, conforme cópia da escritura anexa, foi elaborado análise técnico, serviço de geólogo, licença ambiental em fim tudo feito dentro da legalidade e o projeto concluído, porém só agora a CAEMA autorizou a perfuração do tão sonhado poço. No entanto agora nos deparamos com outro grande problema, é que a Prefeita da cidade a Senhora CONCEIÇÃO CASTRO luta com toda força para impedir a perfuração do poço na referida comunidade. Uma obra que sendo construída vai beneficiar mais de 150 famílias quilombolas.??? Sem entender o motivo da atitude da Gestora pedimos ajuda”, finalizou José Martins Pachado.

Procurado pelo blog, o secretário de Finanças da prefeita Conceição Castro rebateu e disse que não procede a versão dada pelo presidente da comunidade. Ele disse que a prefeita conseguiu apenas três poços para os povoados de Rita de Cássia, Casa Grande e Ponta de Paulo, e apontou interferência política no caso, inclusive envolvendo funcionários da empresa.

Ele também disse que a prefeita não faz acepção de nenhum povoado e que não está querendo beneficiar comunidades em detrimentos de outros. Fabinho disse que a tentativa do presidente é de querer jogar a prefeita contra a população e que o próprio secretário Chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, sabe da situação e que foram conseguidos apenas três, sendo que não pode ser levado, neste momento, nenhum poço para o povoado, mas que buscará alternativas de beneficiar a população de Santa Rosa.

Folha de SJB

 

One Comment

  1. Kkkkkkkk, Tucano Pacheco teu IRMÃO, o ex tesoureiro, ex presidente da Comissão de Licitação de AÍA, ė vereador pede ajuda a ele, ele que se diz defensor dos necessitados, honesto… KKKKKKKK

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.