Publicidade

Comissão mantém parecer do TCE e pede reprovação das contas de Cabo Freitas, ex-prefeito de São Vicente

| 3 Comentários

Resultado de imagem para CABO FREITAS DE SÃO VICENTE FERRER

Cabo Freitas

Uma comissão escolhida pelos vereadores para analisar as contas do ex-prefeito de São Vicente Ferrer, Cabo Freitas, pediu que o plenário da Câmara de Vereadores acate o parecer do Tribunal de Contas do Estado, que julgou as contas do ex-prefeito como irregulares. A decisão foi lida durante a sessão da câmara, nesta segunda-feira, 02 de março.

As contas são referentes aos anos de 2006 e 2010, quando o então prefeito comandava a cidade de São Vicente Ferrer. Elas chegaram desde o ano passado na Câmara de Vereadores e as duas foram julgadas irregulares pelos membros do TCE e agora os parlamentares, que tem o poder de tornar prefeitos inelegíveis, devem apreciar os pareceres da corte.

Fazem parte da comissão os vereadores JR, que é o presidente; o vereador Marçal, que é o relator; e o vereador Zeca do Paru, que é o terceiro membro da comissão. Durante a apresentação de seu relatório, o relator seguiu inteiramente a decisão do TCE e pediu a reprovação das prestações de contas apresentadas por Cabo Freitas.

O presidente da casa, Jailson Ferreira, já estava dando os encaminhamentos para a votação, mas o vereador Acrizinho pediu vista da votação, que cancelou todo o processo. Um prazo de 72 horas foi dado ao vereador e possivelmente a votação deve ocorrer na próxima segunda. Informações chegadas ao blog, dão conta de que Cabo Freitas não tem maioria na casa.

Folha de SJB

3 Comments

  1. É mais uma facada de Conceição em Cabo Freitas….

  2. Se todos os vereadores de tudo quanto é município desse esse exemplo, muita coisa mudaria numa administração, principalmente aos gestores que desviaram recursos. Esse é o verdadeiro sentido e é este o papel do vereador. Se foi reprovado pelos órgãos superiores, pq uma câmara se omite em aprovar uma coisa que está errado. Assim aconteceu em São João Batista, uma prova da incompetência pelos nobre vereadores que aprovaram uma prestação de conta de Eduardo Dominici, da qual eles não fizeram parte da gestão do ex prefeito.

  3. Esse aí é o santinho do pau ôco… aguenta a justiça agora no teu calço, IMPROBO.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.