Com dívidas de quase 2 milhões em precatórios, Justiça bloqueia mais de 300 mil do FPM de São Vicente Ferrer

Como o blog divulgou no ano passado, veja AQUI, a cidade de São Vicente Ferrer deve quase 2 milhões de reais só em precatórios, inviabilizando qualquer gestão pública municipal. Por conta disso, o município está tendo constantes bloqueios de recursos por falta de prestações de contas e alimentação de programas como o SIOPS. Só no mês de março, mais de 100 mil foram bloqueados e agora o montante está em mais de 324 mil bloqueados pela justiça.

Prefeita e secretários estiveram reunidos no TJ em busca de soluções

Isso prejudica em cheio a administração pública de São Vicente Ferrer, uma vez que a ex-prefeita Maria Raimunda, que saiu da história como a pior prefeita da cidade, deixou de prestar contas e deixou de alimentar todos os programas e nem pagou nenhum centavo desse precatório negociado que começou a valer desde o ano passado, quando ela era prefeita. Além disso, inviabilizando ainda mais a cidade, a ex-prefeita não prestou contas com as principais secretarias do estado e agora recentemente, não prestou contas ao Tribunal de Contas.

De acordo com uma decisão do Tribunal de Justiça do Maranhão, assinada pelo desembargador Cleones Cunha, a dívida chegou a exatamente 1.773.718,14 reais que a cidade terá que desembolsar para pagar ações movidas por empresas, ex-funcionários, ex-secretários e até ex-prefeitos. Tudo isso, segundo a decisão do TJ, a prefeita Conceição terá que pagar até o fim de 2020. Como dissemos antes, só no primeiro bloqueio, a Justiça sequestrou mais de 320 mil e até 2020, o município terá que pagar mais de 30 mil por mês só em precatórios deixado por ex-gestões.

Lista de pessoas ou empresas que o município está devendo

Ontem, numa tentativa de rever essa situação e não prejudicar serviços básicos, a prefeita Conceição Castro, esteve reunido com o juiz Nilo Junior, do Tribunal de Justiça, para informar a situação real de São Vicente e tentar amenizar os constantes bloqueios, fazendo uma negociação. Segundo informou a prefeita, se a decisão continuar, serviços básicos como saúde e educação serão atingidos haja visto o grande valor em débitos herdados da gestão anterior.

Além de informar a população, Conceição pede a paciência dos vicentinos e disse que está buscando todos os meios para que o povo de São Vicente não venha ser penalizado mais ainda por irresponsabilidade da gestão passada. Ainda hoje, a gestora estará em um programa na rádio local para voltar a esclarecer a população do que está acontecendo no município.

Contas bloqueadas

Folha de SJB

Termo de uso
Política de moderação de comentários: O autor Jailson Mendes mantém a qualidade, atualidade e autenticidade das informações por ele apresentadas no presente blog, mas não se responsabiliza por informações/opiniões de terceiros. Ao comentar neste blog, você assume toda a responsabilidade pelo conteúdo postado. O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós..

One Response to Com dívidas de quase 2 milhões em precatórios, Justiça bloqueia mais de 300 mil do FPM de São Vicente Ferrer

  1. Caio Vasconcelos says:

    Tenho pena de S.V.F , a eleição de Conceição foi cara, muitos bandidos investiram pesado em sua eleição e continuam endividando a Prefeita eleita e comprometendo cada vez mais a gestão pública. O povo de S.V.F ainda não aprendeu que não se deve por alguém que não entende absolutamente nada de administração, e muito menos quando se tem um desespero de empresários corruptos e gananciosos querendo tomar de conta das licitações do Município. Isso só prova que o povo de São Vicente não aprendeu a lição e continuará as consequências, até quando ?? Povo Vicentino, até quando!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *