Câmara aprova Plano de Cargos e Carreiras para servidores da cidade de Cajapió

| 1 Comentário

Os profissionais da secretaria de Educação de Cajapió têm um motivo a mais para comemorar este mês, é que a Câmara Municipal de Vereadores daquela cidade aprovou o Plano de Cargos Carreiras e Remuneração (PCCR). O novo piso entra em vigor a partira de primeiro de julho. Por unanimidade a Câmara Municipal do município aprovou nesta terça-feira (28), no plenário de poder legislativo o projeto Lei. Com a matéria sancionada o funcionalismo público da educação recebe concessão de benefícios.

Prefeito Nonato Silva

A Secretaria Municipal de Educação havia montado uma comissão composta por representantes de vários segmentos responsáveis pela análise, avaliação e reestruturação do PCCR dos profissionais da educação da Rede Municipal de Ensino. A comissão discutiu e reestruturou o PCCR no prazo de 30 dias, e encaminhou para aprovação junto a Casa de Leis. O novo PCCR cria mecanismos mais efetivos para o crescimento na carreira. Com o passar dos anos, tem a possibilidade se elevar profissionalmente e, consequentemente, elevação de salários.

“Com a força dos dois poderes executivo e legislativo, foi atendido esta antiga reivindicação da categoria, uma luta que teve o fim, com a vitória. A administração aceitou a legalidade dos pedidos que foram apresentados e o prefeito pediu urgência no fechamento do plano para ser encaminhado a aprovação”, salienta a secretária de Educação, Rosângela Sá. Conforme Rosângela Sá o PCCR traz segurança no exercício da função, os pontos arcaicos e obscuros do plano foram corrigidos, se tornando inovador e avançado, atendendo as reivindicações atuais dos profissionais, com o plano servidores efetivos da educação vão ser beneficiados com a valorização profissional.

“É um marco, uma conquista, apontei ao prefeito as necessidades da classe, pedi empenho, até porque sou professora também, e não era justo estar à frente da pasta e não batalhar por esta peleja ancestral, inerente à categoria. Juntamente com sindicato e professores abracei a causa e fiz acontecer, e a discussão entre a categoria elencadas serão todas atendidas. Os profissionais entram numa fase em que segurança e clareza dos direitos e deveres estarão na vida funcional do servidor no processo público”, destaca Rosângela Sá. A votação da matéria foi marcada por elogios favoráveis sinalizando valorização profissional da classe.

“O projeto foi encaminhado à Câmara, para posterior aprovação, acredito que os profissionais discutiram e elaboraram conforme reivindicação da classe, então, estamos respeitando e valorizando os profissionais”, assinala vereadora, Patricia. O vereador Mauricio Sampaio acrescenta que, a valorização profissional chega a Cajapió a fim de priorizar o reconhecimento aos gestores.  Já o vereador e Ex Secretário de Educação Marlon Souza, destaca que há 20 anos está à frente na Casa de Leis, e não tinha presenciado reconhecimento nesta envergadura para os servidores da pasta. Com informações do Blog Amigos de Cajapió.

Folha de SJB

One Comment

  1. realmente foi uma luta dos profissionais da educação mais esse fato só veio acontecer quando tivemos uma vereadora professora Dorinha que teve a coragem de denunciar junto com o sindicato e a lei obrigou o gestor pedir urgência para que não fosse bloqueado o fumdeb mais dizer da vereadora Patricia do vereador cadil que nunca lévantara uma voz em defesa dos profisdionais da educação vereador Marlon devia ter era vergonha de falar porque como vereador um zero à esquerda e como secretário muito irresponsável parabéns vereadora Dorinha continue assim defendendo o povo e deixe esses outros defendendo o gestor que ele elege eles parabéns a toda diretoria do simproecema que lutou pela categoria

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.