Arari e Vitória do Mearim começam a receber recursos de royalties da mineração

O pagamento dos royalties da mineração a que tem direito os 23 municípios maranhenses cortados pela Estrada de Ferro Carajás começa a ser pago nesta quarta-feira (15). Duas cidades da Baixada Maranhão, que o Blog do Jailson Mendes cobre, estão entre as beneficiadas.

Prefeitos de Arari e Vitória do Mearim receberão milhões dos royalties da mineração

Os municípios de Arari, administrada pelo prefeito Djalma Melo; e Vitória do Mearim, comandada pela prefeita Dídima Coelho, estão entre as 23 cidades que irão receber recursos a mais a partir de hoje, por que são percorridos ou sob influência da Estrada de Ferro Carajás (EFC).

Eles receberão, inclusive, repasses retroativos referentes aos meses de junho a dezembro de 2018 e de janeiro a abril de 2019. Só a capital São Luís, que passou a integrar o Consórcio no final do ano passado, receberá quase R$ 28 milhões.

Arari receberá algo em torno de 3 mil em valores retroativos e 255 mil por mês a mais. Já Vitória do Mearim, os valores serão de 2,2 milhões retroativos e 205 mil por mês a mais.

Os recursos somam mais de R$ 100 milhões e irão beneficiar 26 municípios, 23 desses, pertencentes ao Maranhão, localizados às margens da ferrovia ao longo de 670 quilômetros de extensão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *