AMIGOS E FAMILIARES RELEMBRAM MORTE DE THYAGUINHO NERY

Amigos e familiares relembraram hoje, 31 de março, a morte chocante do jovem Thyaguinho Nery. Na sua página de relacionamento pessoal, que ainda não foi desativada, amigos deixaram homenagens ao jovem que morreu aos 19 anos, quando foi encontrado morto namadrugada do dia 31 de março de 2012, por volta de 03:00 horas dentro do próprio veículo, no município de São Bento.
Segundo a polícia, Thiaguinho Nery, como era mais conhecido, tinha perfurações de faca por quase todo o corpo quando foi encontrado. Ele estava sentado no banco do motorista. O veículo foi encontrado atravessado na pista e com os faróis acesos próximo a uma barragem, que liga os municípios de São Bento e Bacurituba. Ainda segundo a polícia, o jovem que mora aqui em São João Batista retornava de uma festa em São Bento. Os objetos pessoais da vítima foram encontrados dentro do veículo Celta placa NNI-6940.
As polícias de São Bento, Bacurituba, Matinha, São Vicente Ferrer e São João Batista comandaram as investigações. De acordo com as informações todos os envolvidos já estão presos. Informações dão conta de que três ou quatro pessoas estão sendo acusadas de participar da morte de Thiaguinho.
Ainda no ano passado, o delegado de Matinha, que está no comando das investigações pediu a prisão dos envolvidos e o juiz de São Bento, Sidney Cardoso, decretou a prisão de três envolvidos. Inclusive o dono do Buraco da Gia, Gilvan Ferreira, que estava preso, mas por conta de um habeas corpus, foi solto e responde ao processo em liberdade. Gilvan está sendo acusado de ter participado no crime de acordo com a Polícia Civil de São João Batista.
PRISÕES

Equipes operacionais da Superintendência da Polícia Civil do Interior (SPCI), coordenados pelo delegado Arthur Benazi, titular da Delegacia Civil de São Bento, prenderam Luzenildo Azevedo Silva, de 24 anos, conhecido como “Nicolau”. A prisão foi efetivada por meio de um mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juiz Sidney Cardoso Ramos da Comarca de São Bento. Luzenildo foi indiciado no começo do ano, como suspeito no assassinato do jovem auxiliar administrativo Thiago Neri Santos Gaspar, de 19 anos, natural de São João Batista.
O crime ocorreu em março de 2012, quando a vitima estava em uma festa no município de São Bento e foi atraído por Luzenildo para a barragem do povoado de Bacurituba. Thiago Neri foi atacado e golpeado com onze facadas nas regiões da cabeça, pescoço e abdômen, vindo a falecer no local.
A Polícia Civil conseguiu localizar o elemento assim que ele retornou para a cidade, sendo preso em via pública. Em seguida foi conduzido a Delegacia de São Bento, onde foi interrogado pelo Delegado Arthur. Em depoimento, o suspeito contou que no momento do crime atraiu a vítima, pois sabia que a mesma estava com a quantia de R$ 2.400,00 em espécie. Assim que cometeu o delito, teria fugido em uma moto com outra pessoa não revelada.
Homenagens de amigos em sua página pessoal na internet
De acordo com o delegado, o trabalho da Polícia se concentra agora na localização do outro suspeito. A família da vítima ainda clama por justiça e cobra soluções por parte das policias de São João Batista, São Vicente Ferrer e São Bento. Na época, o caso chocou a população da cidade. A notícia foi repercutida nacionalmente, saindo em diversos jornais de circulação nacional. Thiaguinho, como era chamado, trabalhava na Secretaria Municipal de Educação de São João Batista, como auxiliar administrativo.
Termo de uso
Política de moderação de comentários: O autor Jailson Mendes mantém a qualidade, atualidade e autenticidade das informações por ele apresentadas no presente blog, mas não se responsabiliza por informações/opiniões de terceiros. Ao comentar neste blog, você assume toda a responsabilidade pelo conteúdo postado. O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *