Alunos da rede estadual e municipal protestam contra falta de transporte escolar em Vitória do Mearim

Alunos da Rede Pública Municipal e Estadual foram às ruas protestar contra a falta de transporte escolar na cidade de Vitória do Mearim, na Baixada Maranhense. As reivindicações também são para melhores acessos na zona rural e qualidades e estruturas nas escolas da da Rede Estadual de Ensino.

Alunos dos centros de ensino ‘Espírito Santo’ e ‘Maria Graciana Pinto Costa’ e Cema, de responsabilidade do Governo do Estado, e das escolas da Rede Municipal ‘Ribamar de Matos’, ‘Neuza da Cunha’, ‘Cônego Eliude’ e ‘Ana Bogéa Gonçalves’ também se fizeram presentes durante a manifestação.

De acordo com uma das líderes do movimento, Érica Menezes, que é aluna da rede estadual, a reivindicação saiu pelas ruas do município de Vitória do Mearim e na programação foram entregues abaixo-assinado e teve também uma conversa com assessores da prefeita Dídima Coelho.

Eles querem que a prefeitura retorne com o transporte em todos os povoados, melhorias nas vias de acesso e mais segurança nos transportes escolares. A concentração começou na Praça da Santa e chegou até o prédio da Prefeitura Municipal. Eles também conversaram com o Ministério Público e pediram apoio nas reivindicações. Conselheiros tutelares, sindicalistas e policiais militares acompanharam o movimento.

Outro lado

Em conversa com o Blog do Jailson Mendes, a coordenadora da URE de Viana, Andrea Sima, afirmou que a gestão do transporte escolar para atendimento a educação básica é de responsabilidade da SEMED e que o Governo do Estado disponibiliza ajuda financeira aos municípios.

Sobre a oferta do transporte escolar em Vitória do Mearim, ela informou que está tratando da regularização junto a Prefeitura Municipal. Também em conversa com o blog, o titular da Secretaria de Agricultura, Tony Gaucho, acusou alguns alunos de estarem fazendo baderna e disse que alguns estavam com ovos e arremessaram no prédio da prefeitura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *