Publicidade

Agora lascou: juíza desiste de assumir Comarca de São João Batista

| 4 Comentários

Magistrada Nuza Maria desistiu de assumir a comarca de São João Batista

A juíza Nuza Maria Oliveira Lima, que era titular da Comarca de Alto Parnaíba, desistiu de assumir o comando do Fórum de Justiça de São João Batista. A informação foi repassada por fontes do Blog do Jailson Mendes, mas não passou nenhum motivo aparente do que possa motivar a desistência da magistrada.

Natural do município de Jacobina, estado da Bahia, a juíza Nuza Maria Lima já trabalhava no Judiciário maranhense como assessora de juiz em Maracaçumé antes de ser titulariza em Alto Parnaíba. Ela deveria ser empossada nos próximos dias pelo Tribunal de Justiça do Maranhão, mas desistiu de assumir a comarca.

Pelo que o blog apurou, ela ainda chegou a sondar como andava os trabalhos na comarca, o que é natural para qualquer juiz ou promotor fazer antes de assumir o município. Oficialmente, o Tribunal de Justiça do Maranhão ainda não se manifestou e a tendência é que um juiz substituto assuma os trabalhos, mas possivelmente só a partir do ano que vem.

Folha de SJB

4 Comments

  1. sem ao menos assumir? Aí tem coisa

  2. Os municípios da baixada maranhense São hiper problematicos,tem demanda de toda ordem, principalmente as dos campos que são terras de dominio publico,mas,qualquer um cerca e pronto o que é lamentável,talvez a juíza fez um levantamento de toda problemática do município e desistiu,ela é apenas uma juíza e não tem super poderes como muitos pensam,porque nessa região todos ou alguns ainda acham que podem fazer o que quiser sem que possa ser impedido por ninguém nem mesmo pela justiça,isso é histórico…

  3. A dotoura Nuza, fez, está fazendo e tenho certeza que continuará a fazer o excelente trabalho aqui em Alto Parnaiba. O povo de nossa cidade confia muito non trabalho dessa magistrada. Agradecemos a escolha dela em continuar o seu grande trabalho aqui. Obrigado. De Wladimir Rocha

  4. AI TEM COISA EM JOAQUIM DOS DIABOS

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.