Acenando apoio à prefeita Linielda, ex-vereador Zequinha Amaral agradece homenagem ao seu pai em Matinha

| 1 Comentário

Zequinha Amaral

O segundo colocado nas eleições municipais de Matinha, Zequinha Amaral, vem se aproximando a cada dia do grupo que administra a cidade, liderado pela prefeita Linielda e seu esposo, o secretário de Obras e Infraestrutura, Eldo Jorge.

Nas redes sociais, o ex-vereador agradeceu a homenagem feita ao seu pai, o saudoso José Conceição Amaral. O nome foi dado à escola do povoado Aquiri, que foi finalizada pela Prefeitura Municipal e entregue aos estudantes na semana passada.

O ex-vereador usou sua rede social para agradecer à prefeita feita ao ex-prefeito interino, ex-vereador e ex-vice-prefeito da cidade de Matinha. Ele também agradeceu à secretária de educação, Zilda Cantanhede e ao secretário de Administração, Valdemir Amaral, além dos vereadores pela aprovação do nome do pai dele na Câmara Municipal.

Na homenagem, ele contou um pouco sobre a história de José Conceição e destacou ‘sua visão de águia, capaz de enxergar quilômetros de distância e que ele vislumbrou a educação como único caminho para libertação de castra; da alienação; da escravidão’.

Vejam a íntegra da postagem de Zequinha Amaral…

Queremos, em nome da família Amaral, externar a extrema gratidão pela homenagem ao Dr. JOSÉ CONCEIÇÃO AMARAL, que a Cidade de Matinha, através da Prefeita Linielda e seu esposo e Secretário de infraestrutura, Eldo Jorge, lhe oferece e concretiza, quando a escolha do nome para a mais nova escola municipal deste Município, nos primeiros metros da estrada que dar acesso ao Povoado Aquiri.

Queremos agradece, ainda, a Secretaria de Educação, Zilda Cantanhede, e demais Secretários, assim como os Vereadores: José Orlando- Presidente; Carlinhos Aires; Rosiolete; Lulu; Júnior Pereira; Florismar; Lenilson(lilico); Vilma; Márlio; Ulisses; Vilma e Tom, por não terem hesitado a proposta ( projeto de lei quando passará na câmara para a provação do nome ), bem como todos aqueles que contribuíram com suas sugestões para que isso acontecesse.

Para os que não sabem, José Conceição Amaral nascera no sítio de agricultura chamado “Belas Águas”, Zona Rural de Matinha, mas sempre tivera a visão de águia, capaz de enxergar quilômetros de distância. vislumbrou a educação como único caminho para libertação de castra; da alienação; da escravidão… e única trilha capaz de desenvolver indivíduos com altos valores morais e sociais.

Foi uma espécie de autodidata, capaz instruir por si só, pois levava seus livros para a roça, eis o porquê de se não deixar ser cético quando seus projetos, objetivos e focos. Isso, logicamente, foi suficiente para que o mesmo desse um salto estratosférico( da roça para Universidade Federal do Maranhão, onde fez curso de Direito).

Aplicado nos estudos, ao se formar em Bacharel de Direito, logo recebera convite pelo governador da época para que ficasse em São Luís, prestando serviço, mas por ser um homem altruísta, logo rejeitou, pois dissera que o povo de Matinha precisava dos seus trabalhos.

Lutando pela educação, criara o cursinho juntamente com Juarez Silva Costa; a Escola Cândido Gomes Pinheiro; a Escola Etelvina Gomes Pinheiro( onde, inclusive, a Prefeita Linielda fora professora por muito anos); o cursinho ( preparatório para vestibular e concursos), que tivera alguns professores renomados e imortais, como: Eldo Rone Amaral, que lecionava Inglês e Matemática, Nonato Costa, mais conhecido como “Nonatinho”, que administrava a disciplina matemática.

Prefeita, Vereadores e Secretários, evidentemente, que acreditamos que, se vivo estivesse, o homenageado, dentro de sua natural modéstia, receberia esta honra, primeiramente surpreso, mas finalmente- o que é tudo – com sentimento de profunda gratidão e orgulho incomensurável, por se sentir assim tão distinguido pelos poderes públicos, dignos representantes do povo da terra que tanto amou, Matinha, e que ajudou a desenvolver como político, evangelico e educador. Morreu como um justo e homem respeitado, um exemplo de dedicação e humanidade no sentido macro da palavra.

Queremos, ainda mais, dizer de nossos profundos agradecimentos, em nome de toda a família, por mais esta prova pública de distinção excepcional para conosco.

Por fim, com ajuda de Deus e de nosso pai, onde sua alma estiver, haveremos de zelar, com carinho ainda maior, pela boa gente, eterna e gloriosa.

Nosso muito obrigado!!

Zequinha Amaral

One Comment

  1. aqui todo mundo comenta que se união não, já está dentro do governo semndo secretário de meio ambiente

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.